The Riders Histories
Mundo Speed

Dovizioso vence o GP de Valência da MotoGP

Vice-campeão da MotoGP pelo segundo ano consecutivo, Andrea Dovizioso encerrou a temporada de 2018 com mais uma exibição de gala na principal categoria da motovelocidade. Debaixo de muita chuva, o italiano da Ducati superou Alex Rins na parte final da prova para faturar a quarta vitória dele no ano. A corrida foi marcada por muitas quedas, incluindo do pole Maverick Viñales e do atual campeão Marc Márquez.

Depois de uma bandeira vermelha com 14 voltas para o final, na relargada Rins, que era o líder, foi superado por Dovizioso e Valentino Rossi. O italiano, porém, caiu com 5 voltas para a bandeirada, perdendo a chance de completar uma incrível prova de recuperação, saindo da 16ª colocação do grid. Melhor para Pol Espargaró, que fechou o pódio em terceiro, marcando o melhor resultado na história da KTM na MotoGP.

A largada

Debaixo de forte chuva, Alex Rins teve grande início, tomando a ponta de Maverick Viñales e abrindo uma distância considerável para o espanhol da Yamaha. Valentino Rossi, saindo da 16ª colocação, também largou bem, fechando o primeiro giro na décima colocação. Não demorou muito para que Andrea Dovizioso tomasse a segunda colocação de Viñales, que na sequência também foi superado por Pol Espargaró e Marc Márquez.

Queda atrás de queda

O primeiro a ir ao chão no GP de Valência foi Jack Miller, que já tinha caído durante o treino classificatório. Na sequência também caíram Aleix Espargaró, Danilo Petrucci, Pol Espargaró e Marc Márquez. Enquanto isso, Rins abria quase 3s para o segundo colocado Dovizioso, que tinha o heptacampeão Rossi, em impressionante corrida de recuperação, colado na terceira colocação. Andrea Iannone, o quinto, foi mais um a sucumbir ao asfalto molhado.

Bandeira vermelha

Depois de mais uma queda, desta vez de Viñales, Rins passou a perder terreno, até ser ultrapassado por Dovizioso e Rossi. Com 14 voltas para o final, entretanto, a chuva era muito forte e a bandeira vermelha foi acionada, com a prova sendo paralisada. Como a corrida ainda não tinha 3/4 da distância completada, todos os pilotos voltaram aos boxes para aguardar o momento ideal para que a bandeira verde fosse acionada novamente.

Notícias relacionadas

Rossi cai e entrega vitória para Márquez na Málasia

The Riders

LANÇAMENTO: KAWASAKI NINJA 400 – A EVOLUÇÃO NÃO PARA

The Riders

Jorge Lorenzo, que caiu na primeira curva, responsabiliza Marc Márquez

The Riders