The Riders Histories
Histórias

VIAGEM DE CG 150

Estou na estrada desde o dia 02/11/17, sai de Tarabai interior de São Paulo tendo como destino Fóz do Iguaçu no Paraná. Foram quase 600 QUILÔMETROS, sai por Santo Inácio, passeio por MARINGÁ, Campo Mourão, Cascavel e por fim Fóz. A pretinha tirou de letra, sai às 05 horas da matina e cheguei por volta das 4:30 da tarde, de baixo de chuva, fiquei em Fóz uma semana, fiquei hospedado no Concept Hostel (excelente lugar, recomendo). tive tempo para conhecer as cataratas, o marco das três fronteiras, templo budista e o museu de cera. adorei a cidade, mas tive que pegar a estrada, pois tinha muito que andar ainda. Sai de Fóz dia 10, tendo a capital paranaense (Curitiba) como destino, mais uma vez sai cedo, as 04:45 da manhã, passei por Cascavel, Laranjeiras do Sul, Guarapuava e Campo Largo, chegando em Curitiba por volta de 05 da tarde, mais uma vez de baixo de chuva, e muita chuva. Foram 680 quilômetros, e a pretinha tirou de letra. Lá fiquei na casa dos meus tios, a primeira coisa que meu tio disso foi “menino você é doido, vir de moto e uma 150 cc ainda por cima”, dei risada e escutei minha tia dizer “corajoso em, veio nessa motinha ai”, mais uma vez dei risada e disse “não tenho muito juízo não”. fiquei em Curitiba pouco mais de uma semana, não visitei muita coisa, meu foco estava no tal Rastro da Serpente, e então dia 20 coloquei a pretinha na estrada e fui. Sai as 08 da manhã, o tempo estava fechado, temperatura agradável, vamos lá. Passei por Bacaiuva do Sul, Tunas e Ribeira, vistas maravilhosas, curvas INCRÍVEIS, e uma leva garoa em alguns pontos. cruzando a ponte em Ribeira, já me sentia em casa, afinal já estava em território paulista outra vez. continuei subindo até Apiaí, mais curvas e belas paisagens, acelerei mais um pouco até Guapiara e finalizei o dia em Capão Bonito, por volta de 2:30 da tarde. fiquei o resto do dia de boa, ainda maravilhado com as paisagens e as curvas. No outro dia sai cedo e voltei ao Rastro da Serpente, descendo até Apiaí, onde peguei uma vicinal sentido eldorado onde fica localizada a tal caverna do diabo, sem menosprezar a caverna, mas as paisagens no caminho foram mais incríveis do que a própria caverna. passei o dia na estrada, no total foram mais de 300 quilômetros percorridos, e muitas fotos, ao retornar para Capão Bonito, peguei uma baita chuva ainda na vicinal, antes de chegar em Apiaí, fui com chuva mesmo. Cheguei em Capão já no finalzinho da tarde e a pretinha cheia de barro, descansei bastante, e no outro dia (quarta feira, 22/11/17) subi para a região de Campinas, sai por volta de 11:30 da manhã, passei por Itapetininga, Tatuí, Tietê, Capivari, Santa Barbara d’ Oeste, Americana e por fim Artur Nogueira, 280 quilômetros percorridos, tempo AGRADÁVEL, bom para viajar, parcialmente nublado, sem muito sol. hoje é 24/11/17, ainda estou em Artur Nogueira, devo ficar por aqui mais uns dias, afinal tenho muito parentes para visitar na região. o título dessa história é viagem de cg 150 – “parte 01”, e só queria dizer o porque do parte 01. essa viagem não termina por aqui, já foram percorridos mais de 2.300 quilômetros, mas ainda tenho muito pra andar, logo mais teremos a parte 02 dessa aventura (ainda esse ano), e possivelmente a parte 03 (ano que vem, em janeiro). agradeço a você que dedicou um tempinho a ler minha história, obrigado é ate a PRÓXIMA.

Notícias relacionadas

LOBOS NOTURNOS MC

The Riders

ANIVERSÁRIO DO DHALSIM STEEL HORSES GYN M.C

The Riders

MOTO PASSEIO FEMININO DE SANTA CATARINA

The Riders